quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Cozinhas vermelhas e apaixonantes


Ontem no Twitter, em homenagem ao dia dos namorados comemorado nos EUA, Canadá e Itália, falei sobre a combinação da cor vermelha num ambiente. Mas foi apenas uma pitadinha de comentário, então resolvi escolher diversas cozinhas vermelhas para mostrar como podemos fazer essa coordenação com os demais elementos do espaço sem errar, já que por ser uma cor vibrante o vermelho pode causar muitos estragos. Ah, e por que eu escolhi a cozinha? Ora, que lugar da casa consegue conquistar nosso coração, os olhos e a boca ao mesmo tempo? Então vamos às cozinhas vermelhas!

Essa opção é para os mais básicos, vermelho só
na coifa e nas cadeiras, mas veja como a cor
chama a atenção. O resto branco e cinza. Perfeito.

Essa outra opção é mais ousada, mas repare
que as cores neutras ao redor permanecem
Parte inferior com gavetões de vidro laqueados na cor vermelha
e fundo da prateleira. O restante segue o branco: combinação
impossível de errar se bem dosada.
 O BRANCO COMO BASE
Vidro vermelho ao fundo e adesivos deram o colorido para
esta cozinha predominantemente branca
Aqui o vermelho aparece mais uma vez nos detalhes e com muito
charme e requinte. Repare as tulipas na mesa, um luxo.

Esta cozinha é muito especial, nos remete à Pop Art.
O piso xadrez, a luminária, a ilustração... 
Continuando a analisar essa graciosa cozinha, destacamos a
bancada toda branca. Apesar de todo o vermelho o ambiente
ficou bem iluminado. A porta com os visores também compôs
muito bem esse projeto. 
O vermelho aqui é um detalhe, mas veja como caiu bem com
o tom de madeira freijó e armário todo branco com inox.
O fundo é em laminado de alta pressão, que pode sim ser
utilizado nesta área, sem problemas.
 
Aqui temos o mesmo fundo, que aliás facilita a limpeza,
modificando a bancada. Esta é mais ousada, mas ainda
está chique, concorda?

VERMELHO E PRETO

Nesse projeto temos cores mais escuras como base: o piso
e a bancada. Mas veja que o branco na parede foi essencial
para que o vermelho aqui não sucumbisse com toda a cozinha.
A bancada branca foi essencial para não transformar o ambiente
num flamengo total. Nada contra o time, mas vermelho e preto
em demasia não dão certo mesmo.;)

Ah, e para quem quiser saber por que o dia 14 de fevereiro foi escolhido como dia dos namorados para os países que citei no início desse blog a resposta é simples: essa data é o dia de São Valentim, logo, Valentine’s day.

Esse santo está ligado à ideia do amor, pois segundo contam, no ano 269, o imperador romano Cláudius II proibiu a realização de casamentos e o padre Valentim não se curvou a vontade do imperador e continuou a celebrar matrimônios em segredo até ser descoberto, preso e executado. Que horror, né! Ainda bem que continuamos a celebrar o amor e o vermelho.


Imagens dos sites:
http://www.decodir.com
http://www.jeitodecasa.com
http://ledecoracoes.com
http://decordesignideas.com
http://pequenodocelar.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário