quarta-feira, 14 de agosto de 2013

O essencial em um quarto de bebê pequeno (parte 1)

Fonte: www.dinet.tv
Toda mãe fica encantada quando vê em lojas, revistas e sites projetos de decoração para quartos de bebê. É uma infinidade de possibilidades que deixa qualquer um confuso. Tem berço redondo, liso, trabalhado, romântico, básico... e assim o guarda-roupa e a cômoda acompanham as características do mobiliário escolhido. Nas mostras de decoração então é um arraso! Quartos enormes, maravilhosos e que fogem completamente da realidade financeira dos brasileiros que moram em casas ou apartamentos, cujos cômodos variam entre 6 e 12 m².

O post de hoje é dedicado a todas às futuras mamães que precisam saber quais os itens mais importantes na hora de criar um quarto de bebê.

Segurança
Antes mesmo de pensar na ambientação do quarto é necessário focar na segurança do local que, possivelmente, terá a mesma configuração até que a criança complete 2 anos, aproximadamente.
Se você mora em casa, grades nas janelas são recomendáveis; em apartamento, é preciso instalar telas de proteção em TODAS as janelas. 

Persiana rolô estrelada. Fofa né? Infelizmente
não encontrei a autoria desse projeto.
Decoração
Antes de começar o projeto é necessário definir o caráter da decoração: se masculino ou feminino. A decoração deve ser prática, de preferência com espaço para a futura criança poder brincar. Você pode optar ainda por uma decoração, cujas cores podem servir tanto para meninos, quanto para meninas.

Enquanto o bebê não engatinha ou anda a cortina pode ser longa, porém, a fim de ter mais praticidade e economizar é recomendável que se opte por cortinas curtas ou persianas que são ideais para evitar que a criança se pendure ou puxe o tecido e acabe causando um acidente ou mesmo se sufocando. Vamos lembrar que seu bebê logo, logo, vai começar a engatinhar e um custo com uma nova cortina é desnecessário.

Para as paredes a preferência é que a pintura ou o papel sejam laváveis. Os móveis sólidos devem ter os cantos arredondados, devem ser claros e adaptados ao inevitável crescimento do bebê. Há diversos tipos de berço que se transformam em camas e até em mesinha e cadeirinha.

Cores
A parede laranja está fora do alcance visual do bebê quando
ele estiver deitado. Fonte: Projectnursery.com.
Geralmente, vemos na maioria dos projetos de quarto de bebê cores claras. A intenção é que o bebê fique tranquilo naquele ambiente, porém as cores claras não são uma regra. Cores quentes e alegres podem e devem ser usadas, desde que não fiquem no campo de visão da criança quando ela for dormir. Aliás, aqui acho essencial que se pense em cores alegres para estimular o bebê. Não é à toa que consultórios de pediatras costumam ter cores quentes em alguma das paredes. Isso ajuda no desenvolvimento da criança. Porém, a exceção é quando o bebê já vai ficando maiorzinho e você percebe que ele é agitado ou nervoso. Nesse caso só opte por cores calmantes.

Móveis essenciais
Se o ambiente do quarto do bebê for muito pequeno dê preferência para adquirir o berço (que se transforma em cama) e a cômoda. Garanto a você que a cômoda será mais útil, pois ela guarda muitas roupinhas, fraldas, sapatinhos, mantas e ainda serve de trocador. Principalmente, se o seu bebê for menino, pois as menininhas têm vestidinhos para pendurar e precisam mais de um cabideiro.

Na escala de prioridades vem depois o guarda-roupa e a poltrona ou bicama, que serve para amamentar e para abrigar a babá ou uma visita. Lógico que isso se você tiver espaço sobrando. Lembre-se de que você pode amamentar em qualquer lugar da sua casa, desde que seja confortável... pode ser na sua cama escorando as costas com o travesseiro, no sofá da sala, na cadeira da cozinha... e quando os bebês são mais difíceis de pegar no peito até andando as especialistas do banco de leite indicam. Então, ao optar pela poltrona pense numa cor ou material que coordene com outro lugar da casa. Assim, ela pode facilmente ir para um novo local quando não for mais necessária no quarto do bebê.

Fonte: www.BabyLifeStyles.com.
Tapetes
Ter ou não ter tapetes? Os pediatras já orientam que se evite todo e qualquer objeto que contribua para o acúmulo de ácaros, pois você não sabe se seu filho será alérgico ou terá asma... pois é, você não sabe... Você já parou para pensar como hoje em dia estamos privando cada vez mais as crianças do contato com o que consideramos sujo? E cada vez mais as crianças de hoje apresentam alergias? 

Minha opinião pessoal (não sou médica, mas sou mãe) é que se a mãe ou o pai não são alérgicos não há porque privar o bebê de coisas que você acha que o bebê terá ou não. A falta de contato com bactérias faz com que as crianças não desenvolvam imunidade... Eu voto que se tenha tapete sim, de material o mais antialérgico possível, como da marca Punto & Filo. O tapete arremata qualquer decoração e deixa o ambiente mais aconchegante, sem falar que protege do frio. Basta aspirar o tapete uma ou duas vezes por semana e manter o ambiente sempre limpo.

Fonte: dicasa10com.br
Nichos, prateleiras e iluminação
Nichos e prateleiras são uma mão na roda para quem tem pouco espaço, sem falar que dão sempre um charme a mais nem que seja para botar bichos de pelúcia. Aposte neles.

Uma iluminação que possa ser controlada, como abajur do dimmer, é super útil de madrugada. Assim você amamenta seu neném tentando despertá-lo o mínimo possível. Sem falar nas vezes que ele dá aquele choro no meio da noite só porque sentiu falta da chupeta (isso tipo depois dos 3 meses quando ele não precisa mais acordar as 3h da manhã para mamar e você pode cortar essa "mania").

 Por fim, se você não tem dinheiro sobrando, tenha em mente que em menos de 10 meses o bebê terá outras necessidades e espaço é uma delas, pois possivelmente estará engatinhando. O estrado do berço já estará no limite e certamente a poltrona dará espaço a um cercadinho ou após mais um tempo uma mesinha e cadeirinha infantis.

Se você tem o espaço limitado não deixe de ler 10 projetos de decoração no post O ESSENCIAL EM UM QUARTO DE BEBÊ PEQUENO - PARTE 2


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

  1. Verônica eu adorei o post esta muito completo e o primeiro item como vc falou é primordial, eu estou na fase a Julia agora tem o quarto dela, mas ainda falta eu pintar e decorar.

    Ta rolando um sorteio bem legal la no blog

    bjs

    Gélia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gélia, obrigada pela visita. Se tiver dúvidas com a Julia tem também o http://aventurasdemaes.blogspot.com.br
      bjs,
      Verônica

      Excluir
  2. Olá Verônica, gostei de conhecer seu cantinho.
    Amei esse post e a segurança é o principal.
    Sei bem como os pequeninos nos surpreende com tanta peripécia.
    Beijos, Carla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla, obrigada pela visita.
      beijos, Verônica

      Excluir